O Viagra é um produto medicinal cuja finalidade é curar a impotência. Mas existe realmente uma versão natural? Vamos ver o que descobrimos sobre os estimulantes sexuais naturais. Vivemos em uma sociedade de pílulas para a solução de problemas. A solução rápida e fácil. Esta é a abordagem com a qual lidamos com todos os tipos de problemas. E isto frequentemente tira objetividade sobre a função de algumas coisas, sobre medicamentos e, também, sobre o porquê de fazermos sexo.

Estamos obcecados com o desempenho. Quantas milhas corremos quando vamos correr, quanto tempo e em que condições climáticas. E quanto tempo duramos na cama. Mesmo a vida sexual, mais do que uma verdadeira realização, nós a experimentamos como um desempenho a ser respeitado. Tudo isso está errado. Viagra natural E isso confunde o princípio sobre o qual certas coisas são feitas: o prazer de fazê-las. Agora famos falar do Viagra e da diferença substancial entre este produto farmacêutico e um produto herbal projetado para melhorar o desempenho ou simplesmente para combater a fadiga e o estresse.

Existe Viagra natural?

É preciso considerar o Viagra como um produto medicinal cuja finalidade é curar a impotência. Isso é para curar uma doença.

Infelizmente, em uma sociedade em ritmo acelerado onde tudo é saboreado à pressa, não é raro que, devido ao estresse (inclusive o de desempenho), você possa encontrar problemas sexuais como dificuldade em ter ou manter uma ereção ou ejaculação precoce. Se você está procurando uma pílula de ereção milagrosa, você deve primeiro se perguntar por que está fazendo isto.

Na verdade, por causa dos milhares de comprimidos farmacêuticos como o Viagra, os problemas sexuais nem parecem existir: basta ir a uma farmácia e comprar o famoso comprimido azul, ou no máximo a um ervanário e comprar um vasodilatador natural. Fácil, não?

O problema básico é este: muitas pessoas erroneamente acreditam que o Viagra é um produto para aumentar/ melhorar o desempenho sexual, ou seja, não o concebem como um medicamento que somente o médico e somente após exames cuidadosos podem prescrever, mas como um produto semelhante aos chamados afrodisíacos naturais, portanto seguro e a ser tomado quando necessário.
É talvez por esta razão que seu uso excessivo é feito especialmente por aqueles que não sofrem realmente de impotência. Viagra natural Eu lhe dou um remédio gratuito: se você tiver problemas de impotência, fale com seu médico! Funciona, acredite em mim.

Se você está simplesmente procurando produtos naturais para ajudar a combater o estresse ou a fadiga física, mais racionalmente você se voltará para produtos naturais. Mas devo adverti-lo desde o início: não há Viagra natural na medicina fitoterápica.

Alternativas naturais ao Viagra e ao Cialis

Uma pergunta que nos é feita frequentemente é, portanto, sobre a existência de uma alternativa, um “Viagra natural”.

Em particular, nos perguntam qual planta (ou erva oficial) pode receber o apelido de Viagra natural e qual pode ser adquirida livremente sem receita médica em fitoterapia, já que o princípio ativo do Viagra, citrato de sildenafil, como mencionado acima, é um medicamento real e não tem contra-indicações secundárias.

A resposta aparentemente fácil requer - novamente - uma pequena premissa: como dissemos, o Viagra - como o Cialis - é um produto medicinal útil para tratar o problema da impotência, portanto deve ser usado por pessoas sujeitas a este problema - e somente sob prescrição e supervisão médica. Os afrodisíacos naturais são, ao invés disso, suplementos naturais feitos com a ajuda de ervas medicinais que podem ajudar, mas não exatamente curar a impotência que é uma doença grave.

Suplementos Afrodisíacos

São uma boa ajuda onde há cansaço ou estresse que não requer tratamento invasivo como no uso do Viagra, ou para ter um pouco de ajuda extra. Dito isto, agora é possível fazer uma pequena lista daqueles “afrodisíacos naturais” que poderíamos chamar de Viagra natural.

Ervas medicinais: os afrodisíacos são o Viagra natural

Uma das ervas medicinais que tem despertado mais interesse nos últimos tempos é a Maca (Lepidium meyenii Walp), uma planta tuberosa de raízes disseminada na América do Sul, particularmente nas terras altas peruanas.

De acordo com outras informações disponíveis em outros sites, é a maca que pode ostentar o apelido de Viagra natural. A ação desta planta seria devida aos alcalóides que ela contém que atuam sobre o eixo hipotalâmico-hipófise produzindo um estímulo das glândulas supra-renais, bem como um efeito energizante e estimulante sobre as gônadas.

Muira puama, planta de origem amazônica presente na farmacopeia brasileira desde os anos 50 do século passado, também poderia aspirar ao título de alternativa ao Viagra (mas tudo natural). A peculiaridade de Muira puama seria conter um alcalóide com uma estrutura semelhante à do yohimbine com ação vasodilatadora específica. Outros “afrodisíacos naturais” como o Tribulus terrestris e Damiana (Turnera aphrodisiaca) estão entre as ervas medicinais. Ervas afrodisiacas Segundo alguns, o tribulus terrestris possui propriedades tônico-energizantes, anabólicas, estimulantes sexuais e espermatogênicas, que são atribuídas à presença de saponinas esteróides. É um suplemento afrodisíaco facilmente disponível na medicina fitoterápica. A damiana com seu mecanismo de ação do tipo parassimpático que se expressa ao nível do cordão sacral e do centro parassimpático, é capaz de regular a ereção.

Damiana também é indicada para problemas femininos relacionados à frigidez. Segundo a revista Natural Health (n. 84 de abril de 2006: Damiana a erva do amor) damiana, graças a seus ingredientes ativos, óleos essenciais, resinas e outras substâncias, é sugerida como neurotônica e fortalecedora. Recentemente eles também foram indicados como possíveis criadores do bem-estar sexual de substâncias naturais chamadas flavonóides. Os flavonóides são substâncias naturais encontradas em vários tipos de frutas e vegetais, substâncias conhecidas principalmente como antioxidantes. Segundo um estudo da Universidade de East Anglia, eles também têm efeitos positivos sobre o fluxo sanguíneo, particularmente nos corpos cavernosos do pênis.

Existem centenas de produtos naturais capazes de ter um efeito positivo na esfera sexual, o problema é, se é que há algo, encontrar aquele que melhor se adapte ao seu caso. Saber que uma planta é chamada de “Viagra natural” não nos dá a garantia exata de que ela é realmente o “produto milagroso” e sem contra-indicações, pois cada um de nós pode reagir de forma diferente a cada produto.